Procedimentos de arbitragem devem crescer 20% ao ano, consolidando-se como alternativa mais viável ao judiciário

SÃO PAULO – A lei que regulou a arbitragem no Brasil ainda nem completou 14 anos, mas a prática está cada vez mais substituindo o Judiciário na resolução de conflitos entre as empresas...

Postado em 07/12/2016


Procedimentos de arbitragem devem crescer 20% ao ano, consolidando-se como alternativa mais viável ao judiciário

SÃO PAULO – A lei que regulou a arbitragem no Brasil ainda nem completou 14 anos, mas a prática está cada vez mais substituindo o Judiciário na resolução de conflitos entre as empresas e até dentro das companhias. A estimativa do Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem (Conima) é que a arbitragem cresça no mínimo 10% ao ano e, no futuro, expanda suas áreas de atuação e estabeleça novo paradigma com o fim da cultura do litígio.

Existem, hoje, mais de 200 entidades de mediação [...]

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar!!!

Categorias: Informações;